#

Comunidade Mateense pressiona Vereadores para impeachment do prefeito afastado Daniel da Açaí; clamor se intensifica nas ruas e nas redes sociais

Publicado em: 13/10/2021

Compartilhe:


A Comunidade Mateense aumentou a pressão aos 11 vereadores para a abertura de processo de impeachment contra o prefeito afastado Daniel Santana, o Daniel da Açaí (sem partido). Além do registro de uma manifestação nas ruas da Cidade, nas redes sociais é grande o clamor pelo afastamento definitivo do Chefe do Executivo após as investigações da Polícia Federal, que culminaram na prisão temporária de Daniel e outros seis envolvidos, além de 25 mandados de busca e apreensão.

 

Em enquete informal realizada nas redes sociais, o CENSURA ZERO perguntou aos internautas: Você é a favor ou contra o impeachment do prefeito afastado Daniel por conta dos fatos já apurados pela PF, CGU e MPF?. A esmagadora maioria é favor do afastamento definitivo.

 

“A favor. Independente de quem seja, se desviou recursos públicos têm que pagar. Não tenho políticos de estimação”, afirmou Alex Maxson. “Não é questão de opinião, e sim de justiça e todo trâmite”, comentou Maxwell de Almeida Miranda.

 

Outro participante, Paulo Roberto Martins, destacou: “Sou a favor, mas não acredito que essa Câmara Municipal tem coragem para fazer o que precisa para moralização do município”.

 

“IMPEACHMENT JÁ!”

 

“Não era nem pra ele e seus comparsas terem saído da prisão!”, frisou Veka Bigossi Daher. Outro comentário registrado é de Carla Borges Martinelli: Sou a favor, mas se tratando dessa Câmara Municipal, só vejo conivência…Um Legislativo vergonhoso. Impeachment já!”.

 

Francisco Botelho Neto afirmou: “Sou a favor e acredito que a Câmara será leal ao Povo, e não hesitará em cumprir seu dever”. Já Isaías Ribeiro Costa declarou: “Sou a favor: fora, Daniel!”.

 

Aguilar Inácio Gaigher chama os vereadores à responsabilidade: “Sou a favor, mas acho que os vereadores não têm peito pra assumir essa empreitada”. Adauri Vieira registrou na enquete do CENSURA ZERO: “Se a Câmara for, realmente, a favor da população, com certeza, será feito sim. Vamos aguardar os nossos vereadores”.

 

Além da enquete, outras mobilizações sociais espontâneas são realizadas, cobrando da Câmara de São Mateus a abertura do processo de impeachment do prefeito afastado Daniel Santana.

 

MANIFESTAÇÃO NAS RUAS

 

No sábado (9/10), o Movimento Liberdade de São Mateus realizou um protesto nas principais ruas e avenidas da Cidade, com discurso em frente ao prédio da Prefeitura, que foi abandonado pela gestão do prefeito afastado Daniel Santana.

 

Houve cobranças direcionadas também ao prefeito em exercício Aílton Caffeu (Cidadania) e aos Vereadores de São Mateus. O encerramento da manifestação ocorreu em frente à sede da Delegacia da Polícia Federal, no Bairro Boa Vista.

 

 

 

No local, os organizadores encaminharam ao superintendente da PF no Espírito santo, delegado Eugênio Ricas, e ao chefe da Delegacia da Polícia Federal, delegado Patrick Cazelli, a Carta de São Mateus, com palavras duras contra a corrupção no poder público em São Mateus.

 


Fonte: Censura Zero