#

Banco do Nordeste e Findes avaliam acordo para desenvolvimento do norte capixaba

Publicado em: 21/10/2020

Compartilhe:


Representantes do Banco do Nordeste estiveram na Findes nesta terça-feira (20) para uma reunião de aproximação e avaliação de acordo de cooperação com o objetivo de potencializar as ações da instituição financeira em benefício do desenvolvimento da indústria no norte do Espírito Santo.

De acordo com a assessoria da Federação, participaram do encontro o superintendente estadual para a região do Norte de Minas Gerais e Espírito Santo, Wesley Maciel, e os gerentes executivos Marcus Neves e Bruno Gama Fortes. Eles foram recebidos pelo vice-presidente da Findes, Paulo Baraona, e pelo chefe de gabinete da presidência, Léo de Paula.

Conforme destaca a Findes, o Banco do Nordeste é o maior banco de desenvolvimento regional da América Latina. Com sede em Fortaleza, no Ceará, ele tem como objetivo promover o desenvolvimento sustentável da Região Nordeste e parte de Minas e Espírito Santo por meio do apoio financeiro aos agentes produtivos regionais.

Essa área de abrangência é definida pela área de atuação do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

PARCERIA IMPORTANTE

“Essa parceria é muito importante para o desenvolvimento da indústria e da região norte do Estado. Vemos boas possibilidades, especialmente em Parcerias Público-Privadas para o saneamento básico. No Espírito Santo, quase 20% da população, ou mais de 600 mil pessoas, não têm acesso a água tratada. No País, esse índice é ainda pior” – disse Paulo Baraona.

De acordo com os dados do Governo Federal no País, há 35 milhões de pessoas que não têm acesso à água tratada e mais de 100 milhões não contam com serviços de coleta de esgoto.

O superintendente do banco, Wesley Maciel, destacou que, até setembro, a instituição financeira já havia concedido R$ 304 milhões em financiamentos somente na área de abrangência do Espírito Santo.

“Em todo o ano passado, foram R$ 418 milhões. Como esse dado mais recente é de setembro, é possível que este ano a gente atinja os mesmos valores, mesmo numa situação adversa, com a pandemia” – disse Wesley Maciel


Fonte: TC Online