Daily Archives: 21 de fevereiro de 2018

4 posts

VEREADOR DEJANIR DIAS FAZ INDICAÇÃO DE PROGRAMA “KIT-LANCHE” PARA PACIENTES QUE VIAJAM EM BUSCA DE ATENDIMENTO MÉDICO


Na terceira sessão do ano realizada na tarde de ontem (20), o vereador Dejanir Dias (PSB) se manifestou preocupado com os pacientes que viajam de madrugada em busca de atendimento médico nos grandes centros.

O vereador Dejanir Dias em seu discurso na tribuna citou as dificuldades enfrentadas por mães, crianças e até idosos, que sem dinheiro para se alimentar, passam o dia inteiro em Vitória e depois ainda precisam enfrentar mais 247 km de viagem de volta, chegando em casa altas horas da noite.

Dejanir sugeriu a criação do programa “kit-lanche” para os pacientes que viajam de Nova Venécia até Vitória para consultas médicas pelo Sistema Único de Saúde.

Ainda em seu discurso, Dejanir se colocou a disposição do secretário de saúde e do conselho de saúde do município para debater a idéia. Nas redes sociais a população não poupou elogios ao parlamentar.

Sectur e Sebrae apresentam diagnóstico de propriedades cadastradas no Projeto Campo Vivo

Secretário de Cultura e Turismo, Anderson Sabino, fala das ações que serão realizadas pelo município nos próximos meses para o fortalecimento do turismo rural na região e o que compete a cada empreendedor

O secretário Municipal de Cultura e Turismo de Nova Venécia, Anderson Sabino, recebeu na manhã desta terça-feira (20), o consultor do Sebrae e turismólogo,Leandro Dalcolmo Tononi, e o analista do Sebrae, Sérgio Faquetto Sá, durante reunião realizada com empreendedores de 30 propriedades rurais cadastradas no Projeto Campo Vivo de fortalecimento do turismo rural de Nova Venécia e região. O encontro aconteceu no auditório do Sebrae, em Nova Venécia.

O objetivo foi apresentar aos próprios produtores o primeiro diagnóstico feito das propriedades que se cadastraram e receberam visita da Secretaria de Cultura e Turismo e do Sebrae.

Após apresentação de um vídeo institucional sobre o Projeto Campo Vivo, o consultor Leandro Dalcolmo Tononi fez uma apresentação sobre o que identificou nas propriedades visitadas, as potencialidades de cada local e o que precisa ser adaptado e melhorado conforme realidade em cada caso.

“O que deu para perceber nessa primeira etapa é que temos possibilidades turísticas maravilhosas, porém precisamos estruturar as propriedades para receber os visitantes. Para isso, temos ações que precisam ser feitas pelos próprios empreendedores, como investimentos no receptivo, e ações que serão feitas pela Prefeitura, como a melhoria das estradas e sinalização indicativa. O município está se propondo a fazer a parte que cabe a ele. Agora, compete ao produtor fazer sua parte”, afirmou Tononi.

Em seguida, o secretário de Turismo, Anderson Sabino, expôs aos empreendedores presentes como serão desenvolvidas as ações que competem ao município daqui para frente. “Temos essas propriedades cadastradas, mas estamos abertos para inserir novos destinos para criamos nossos roteiros turísticos. Inclusive, já definimos a rota Campo Vivo, que será dividida em cinco roteiros/circuitos para iniciarmos as ações nesses locais. Para existir o turismo, precisamos investir nas vias de acesso. Então, nossa prioridade nesse primeiro momento é a melhoria nas estradas e a sinalização turística das vias. Ao mesmo tempo, vamos dar continuidade aos receptivos existentes, fortalecendo e divulgando os atrativos de cada local. Vamos fazer do turismo uma importante fonte de renda para produtores da nossa região”, concluiu Sabino, ao frisar que o Projeto Campo Vivo trabalha com foco no ambiental, social, cultural e econômico.

Após as visitas e vistorias nas propriedades, os empreendedores serão orientados em relação à melhor forma de conduzir os próximos investimentos, priorizando aquilo que trará retorno a curto, médio e longo prazo. O Projeto Campo Vivo envolve todas as secretarias municipais para o desenvolvimento das ações.

O consultor do Sebrae e turismólogo, Leandro Dalcolmo Tononi, durante reunião com os empreendedores

Suposto tubarão é avistado em praia de Conceição da Barra

O animal teria sido encontrado por guardas vidas na manhã do último sábado

CONCEIÇÃO DA BARRA (ES) – Um tubarão foi avistado nas proximidades das pedras de uma barreira de contenção em uma praia de Conceição da Barra, região norte do Espírito Santo. É o que afirma a Defesa Civil do município. O animal teria sido encontrado na manhã do último sábado (17), por guarda vidas.

De acordo com o coordenador municipal de Proteção e Defesa Civil da cidade, Jalmas Ferreira Greis, os profissionais estavam chegando ao local para assumir o posto de trabalho, quando avistaram algo no mar. A princípio, eles pensaram que fosse o corpo de uma pessoa, mas se aproximaram e viram que se tratava de um peixe.

“Pela experiência dos guarda vidas, pois são filhos de pescadores, eles não tiveram dúvidas de que se tratava de um tubarão. Até porque o animal possuía mais de três metros de comprimento”, disse o coordenador.

O animal permaneceu no local por alguns minutos, se distanciando posteriormente. Ele afirma que não há registros de outros casos de aparecimento de tubarão no litoral do município, mas a prefeitura, por meio da secretaria de Meio Ambiente vai realizar um levantamento para verificar se houve outros casos como este.

Segundo o coordenador, a divulgação da informação vem como um aviso de atenção para os moradores e turistas que frequentam as praias do município. “Considerando que não temos registro desse animal, é um momento de grande atenção nas praias. Pode ser um caso isolado, mas também pode ser uma mudança de comportamento dos animais”, declarou.


(*Com informações do Folha Vitória)

Sesa busca recursos para melhorar a Saúde do Espírito Santo

BRASÍLIA (DF) – Na tarde desta terça-feira (20) a Bancada Capixaba, coordenada pelo deputado federal Marcus Vicente (Progressistas/ES), se reuniu com o Secretário de Estado da Saúde do Espírito Santo, Ricardo de Oliveira, para discutir ações para a saúde do estado pleiteadas junto ao Ministério da Saúde.

De acordo com o Secretário de Estado da Saúde do Espírito Santo, Ricardo de Oliveira, esse pedido refere-se ao momento em que a saúde do estado tem enfrentado. Pois o Espírito Santo é o 2° que mais investe em Saúde com recursos próprios, sendo que em 2017 atingiu 18.75%. Ressaltando que o limite constitucional para a corrente liquida é de 12%.

Ricardo Oliveira ressalta ainda, para o Estado do Espírito Santo possa receber ao menos a Média do que recebem os Estados da Região Sudeste, seria necessário aumentar o limite financeiro do MAC em R$ 31.203.493,34.

Para o Coordenador da Bancada Federal Capixaba, Marcus Vicente (Progressistas/ES), essas demandas são muito importantes, pois trará mais investimentos para a saúde do Estado do Espírito Santo, e consequentemente beneficiará a população com uma qualidade no atendimento, seja eles nos hospitais e no atendimento móvel com mais rapidez.

Entre os assuntos discutidos pela bancada Federal e o Secretário de Estado do Espírito Santo, estão:

  • Equivalência ao valor de MAC per capita nacional;
  • Custeio por orçamento dos hospitais estaduais;
  • Recursos de habilitação e qualificação de serviços;
  • Custeio de 50% das despesas do SAMU Região Metropolitana;
  • Custeio de 50% das despesas com a Expansão para 100% do território;
  • Investimentos nos Hospitais Estaduais;

Ao final da reunião, ficou definido que a Bancada Capixaba entregará ao Ministro da Saúde, Ricardo Barros, um documento com a assinatura de todos os parlamentares com as prioridades da Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo apresentadas na reunião.

Estiveram presentes os deputados federais Marcus Vicente (Progressistas), Evair de Melo (PV), Sérgio Vidigal, Lelo Coimbra (PMDB), Helder Salomão (PT), Paulo Foletto (PSB), Jorge Silva (PHS), Carlos Manato (Solidariedade) e o Senador Rogério de Castro (PDT).

(* Com informações / Folha Acadêmica)