Princípio de incêndio paralisa produção em plataforma do pré-sal

O incidente foi contido minutos depois

A produção de petróleo e gás natural no Navio-Plataforma FPSO Cidade de Maricá, na Bacia de Santos, foi paralisada hoje (16) após o registro de um princípio de incêndio na sala de transformadores da unidade. O incidente foi contido minutos depois.

Conforme consta de comunicado publicado pela Petrobras, a emergência foi identificada às 4h38 e contida às 4h55, pelo próprio equipamento de combate a incêndio do local.
 

O texto diz ainda que não houve danos às pessoas embarcadas, ou ao meio ambiente, e que a produção na plataforma será retomada assim que testes de segurança forem realizados.

A estatal é a operadora do navio-plataforma e tem participação de 65% no consórcio, que reúne também a Shell (25%) e a Petrogal (10%). A unidade opera na área de Lula Alto, no Campo de Lula, o mais produtivo do país.

Uma comissão foi formada para investigar as causas do acidente, e as autoridades competentes foram avisadas.


(*Com informações da Agência Brasil*).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *