Sescoop/ES é pioneiro no Brasil ao iniciar depósitos em cooperativa de crédito

Os recursos financeiros da instituição serão depositados no Sicoob ES

O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Espírito Santo (Sescoop/ES) é a primeira instituição do segmento no País a iniciar uma conta em uma cooperativa de crédito. A abertura foi realizada nesta quarta-feira (10), na agência do Sicoob na Enseada do Suá, em Vitória.

A autorização para a captação dos depósitos do Sescoop pela cooperativa de crédito foi propiciada pela Lei Complementar 161/2018, que passou a vigorar na última sexta-feira (5). A nova norma altera o art. 2º da Lei Complementar nº 130/2009, passando a permitir que as instituições financeiras cooperativas e seus bancos cooperativos administrem esses recursos. Anteriormente, essa gestão só poderia ser realizada pelos bancos federais.

Avanço

A mesma Lei também autoriza as cooperativas a receberem depósitos de prefeituras municipais, de seus órgãos ou entidades e das empresas por eles controladas, desde que em localidades integrantes da área de atuação estatutária da cooperativa.

Bento Venturim, presidente do Sicoob ES, qualifica essa possibilidade como um dos avanços normativos mais aguardados pelo cooperativismo financeiro brasileiro: “O fim da exclusividade dos bancos federais na administração dos recursos do Sescoop, provenientes da atividade cooperativista, promove uma gestão democrática pelo próprio setor cooperativo, principal interessado na gestão dessas disponibilidades”, destaca.

As disponibilidades financeiras do Sescoop são advindas do recolhimento de 2,5% sobre a folha de salários das cooperativas dos diferentes ramos e liberadas, conforme a demanda, para o monitoramento das cooperativas, a formação profissional e para a promoção social dos cooperados e de suas comunidades.

Fortalecimento

Venturim enfatiza que os depósitos nas cooperativas de crédito maximizam o aproveitamento dos recursos na realização das atividades cooperativistas, uma vez que os custos são inferiores aos das demais instituições financeiras.

Para Carlos André Santos de Oliveira, superintendente do Sistema OCB-SESCOOP/ES, essa realidade vai contribuir para o fortalecimento do cooperativismo no Espírito Santo. “A administração dos recursos gerados por essa atividade no próprio sistema completa o processo de consolidação e aumento da credibilidade dessas instituições”, afirma, destacando que esse processo deve tornar-se tendência nos outros estados brasileiros. O superintendente diz que esse pleito já era buscado pelo ex-presidente do Sistema, Esthério Colnago, falecido em 2017.

O deputado federal Evair de Melo, que participou da solenidade, afirmou que tal passo deixa o Espírito Santo em destaque como referência em gestão cooperativista.

Sobre o Sicoob

O Sicoob é o maior sistema cooperativo de crédito do País. Aberto a empresas e a pessoas físicas, trabalha com produtos e serviços tipicamente bancários, com custos menores do que os do mercado. Os associados, que são donos do negócio, participam dos resultados e dispõem de tecnologia que facilita a movimentação. Além disso, têm a mesma segurança que os clientes de bancos comerciais, pois a instituição garante cobertura de R$ 250 mil por cliente.

Com operação no Espírito Santo e no Rio de Janeiro, o Sicoob ES tem mais de 235 mil associados. São oito as cooperativas filiadas: Norte, Leste Capixaba, Centro-Serrano, Sul-Serrano, Sul, Sul-Litorâneo, Sicoob Credirochas e Sicoob Credestiva. O sistema atua em todo o Brasil, com 2,6 mil unidades, e atende 3,8 milhões de associados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *